Aumento de volume no bumbum sem cirurgia

Aumento de volume no bumbum sem cirurgia

Quais tratamentos promovem o aumento de volume do bumbum?

Aumento de volume no bumbum: tecnologias e injetáveis podem ajudar

Existe alguma forma de promover um aumento de volume no bumbum sem cirurgia plástica? Essa é uma questão bastante comum, especialmente à medida que o verão se aproxima.

E resposta é sim. 

 

Antes de abordar quais são as possibilidades que temos para isso, cabe ressaltar que a minha conduta é contraindicar o uso de preenchedores definitivos em qualquer área do corpo. 

 

Isso é para evitar reações adversas que possam causar sequelas definitivas nos meus pacientes.

Além disso, é importante pensar que o envelhecimento é progressivo e a utilização de substâncias definitivas pode ter implicações futuras. 

 

Então, para chegar em um bom resultado no aumento de glúteos, é fundamental uma boa avaliação, para indicarmos o melhor plano de tratamento e alinharmos as expectativas da paciente. 



Tratamentos para os glúteos 

 

Muitas vezes associamos tecnologias para melhorar a flacidez de pele, como a radiofrequência, e também pode ser indicado o tratamento para aumentar a massa muscular dessa área.

Além disso, a região dos glúteos também pode sofrer com celulite e estrias. Então é um bom momento para tratar também essas queixas.

Essa tecnologia utiliza o campo eletromagnético para promover contrações supra máximas na musculatura dos glúteos. São cerca de 20 mil contrações em uma sessão de 30 minutos, algo impossível de se fazer com exercícios físicos. 


Assim, tonificando a musculatura ou mesmo hipertrofiando-a, já é possível alcançar um aumento de volume total do bumbum. 

 

Mas a aplicação do bioestimulador de colágeno é o principal tratamento para a sustentação e o aumento de volume de toda essa área.

Existem bioestimuladores que também possuem um efeito preenchedor, os quais são indicados para tratamentos faciais e corporais. 

 

Esse tipo de tratamento pode ser feito em várias etapas e não tira o paciente da sua rotina diária.

Compartilhar:

Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin