Skip to content Skip to footer

Bioestimulador ou ácido hialurônico: qual usar?

Dra. Luciana Hitomi fala sobre uso dos bioestimuladores e do ácido hialurônico

Conheça as indicações e saiba se o bioestimulador é melhor para a sua pele

Em primeiro lugar, você sabe a diferença entre bioestimulador de colágeno e ácido hialurônico? Sabe como cada um deles funciona na pele e o benefício que geram? Então é sobre isso que você vai ler neste post. 



Bioestimuladores

 

A respeito dos bioestimuladores (sim, existem diversos!), tenho percebido que os pacientes compreendem cada vez mais o objetivo de sua aplicação, que é estimular a pele a produzir o próprio colágeno. 

 

Com isso, conseguimos uma pele mais jovem, com mais viço e beleza. Afinal, mais colágeno é sinônimo de mais firmeza, menos flacidez e com um efeito natural. 

 

Além disso, alguns desses produtos também possuem propriedades de preenchedor, embora esse não seja o objetivo principal.  

 

Os principais bioestimuladores são a hidroxiapatita de cálcio e o ácido poli-l-lático, com os quais trabalhamos aqui na Clínica. Existem diferentes marcas e apresentações, cada uma com a sua característica e indicação, a qual é feita mediante avaliação da sua pele e das necessidades que ela apresenta. 

 

 Aqui você vai encontrar: 

 

  • Elleva: ácido poli-l-lático 
  • Sculptra: ácido poli-l-lático 
  • Radiesse: hidroxiapatita de cálcio 
  • HarmonyCa: hidroxiapatita de cálcio + ácido hialurônico

Os bioestimuladores podem ser aplicados na testa, têmporas, maçãs do rosto, bochechas, queixo, mandíbula, pescoço e também em algumas regiões corporais. 

Ácido hialurônico

 

O ácido hialurônico é uma substância naturalmente presente em nosso organismo, principalmente na pele. Por isso, o seu uso nos tratamentos estéticos é muito seguro. 

 

E você sabia que existem diferentes tipos de ácido hialurônico? Quando se fala dos injetáveis, eles podem não apenas preencher, como dar volume e/ou hidratar aquela região. 

 

Aliás, sua capacidade de retenção hídrica é uma das propriedades mais importantes, porque, além da hidratação, dá mais elasticidade à pele. 

 

O ácido hialurônico pode ser aplicado nas olheiras, lábios, bigode chinês e também em cicatrizes e celulites. 



Qual deles é melhor?

 

Não é uma questão de um produto ser melhor do que o outro e sim da necessidade que cada um deles é capaz de tratar. 

 

Sem dúvida, para estímulo de colágeno global na face, o bioestimulador de colágeno é o mais indicado. E isso não contraindica o uso do ácido hialurônico para uma melhor estruturação da face, combinando tratamentos para um melhor resultado. 

 

Então, quem busca um resultado natural, que é uma tendência atual, com uma pele mais jovem, hidratada, firme e mais lisinha, pode incluir tanto os bioestimuladores quanto o ácido hialurônico em sua programação anual de cuidados com a pele. 

 

Se você ainda não fez o seu cronograma para 2022, agende agora mesmo a sua consulta!

Leave a comment

0.0/5