Bioestimuladores de colágeno e seus benefícios

Bioestimuladores de colágeno e seus benefícios

Os bioestimuladores de colágeno promovem o rejuvenescimento da pele e uma melhora da flacidez.

Bioestimuladores atuam no rejuvenescimento da pele

Você sabe o que são os bioestimuladores de colágeno?

São substâncias biocompatíveis biodegradáveis, que têm a capacidade de causar uma resposta inflamatória subclínica e aumenta muito a produção de colágeno.

A partir dos 30 anos de idade, mais ou menos, a nossa pele começa a perder o seu colágeno natural, abrindo espaço para o processo de envelhecimento.

Assim, os bioestimuladores estão entre os tratamentos mais realizados quando se fala em rejuvenescimento.

 

Bioestimuladores tratam a flacidez 


São várias as indicações desse tratamento, como flacidez facial e corporal, rejuvenescimento das mãos, tratamento de celulite e até mesmo aumento do volume dos glúteos.

É um tratamento injetável, minimamente invasivo, feito em pontos específicos da face.

O ácido polilático e a hidroxiapatita de cálcio são substâncias seguras, que não apresentam riscos à saúde.

Diferentemente do preenchimento com ácido hialurônico, no qual o resultado é imediato, o procedimento com os bioestimuladores tem um resultado progressivo.

Além disso, os bioestimuladores não acrescentam volume às áreas em que são injetados, apenas fazem com que os fibroblastos voltem a produzir novo colágeno.

Então, o paciente começa a perceber os resultados a partir de 4 semanas. A pele fica mais firme, mais viçosa e as rugas mais superficiais e linhas finas são atenuadas. 

 

Além disso, esse procedimento pode ser associado a várias tecnologias, como ultrassom microfocado e radiofrequência monopolar, para otimização dos resultados. 

Se a flacidez facial ou corporal está incomodando você, agende uma avaliação e vamos conversar sobre os bioestimuladores de colágeno no seu caso! 

Compartilhar:

Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin