Medo de tratamentos: como evitar os resultados exagerados?

Medo de tratamentos: como evitar os resultados exagerados?

Muitas pessoas têm medo de fazer tratamentos estéticos, por temerem um resultado ruim. Saiba como evitar esse problema.

Medo de tratamentos: quando o resultado não sei como esperado

Você tem medo de fazer tratamentos estéticos? 

 

Muitos pacientes, quando eu indico pela primeira vez um tratamento de rejuvenescimento ou embelezamento, têm medo, porque é cada vez mais comum a gente observar resultados não naturais. 

 

Eu acho que o paciente tem que ter medo sim, porque qualquer procedimento na face impacta diretamente na nossa autoestima e na imagem pessoal. 



Dicas para vencer o medo de tratamentos 

 

Assim, para se ter um resultado bem-sucedido, a primeira coisa a ser feita é: a escolha do profissional que vai realizar o tratamento. 

 

É preciso que você tenha confiança nesse profissional, que ele transmita isso para você com relação à experiência, ao bom senso e, principalmente, com relação à ética. 

 

Então, quando a gente indica o primeiro procedimento, a expectativa do resultado tem que ser muito bem alinhada entre o médico e o paciente também.  

 

Existe uma outra situação, infelizmente cada vez mais, que é a de pacientes não satisfeitos com os resultados estéticos após procedimentos em face. O que fazer, nesses casos? 



Reversão de procedimentos 

 

Então, se esse resultado artificial foi adquirido após a aplicação de toxina botulínica, em muitos casos a gente consegue ajustar, fazer aplicação de alguns pontos para o resultado ficar mais natural. 

 

Mas em outros casos isso não é possível, daí a gente espera esse resultado ir embora, em torno de 4 a 6 meses após aplicação da toxina. 

 

Hoje em dia está cada vez mais comum a gente observar o que chamamos de síndrome da face hiperinflada, que é quando o paciente fica excessivamente preenchido com ácido hialurônico, por exemplo. 

 

E isso pode acontecer em todas as áreas de aplicação, tanto no sulco nasogeniano, quanto na região malar, também na olheira, nos lábios e no contorno do rosto também.  

 

Quando isso acontece, a gente consegue mapear o rosto do paciente e acelerar a absorção do ácido hialurônico através da aplicação de uma enzima. 

 

Mas se o resultado não natural foi obtido após aplicação de preenchimento definitivo, nesse caso não consigo ajudar o paciente, porque esse produto não é reabsorvido pelo organismo. 



Reversão de tratamentos cirúrgicos também é possível? 

 

E quando o resultado não natural surge após um lifting cirúrgico? 

 

Em alguns casos eu consigo ajudar o paciente, mas em outros casos não. Para saber como agir, eu preciso fazer uma avaliação bem correta da face. 

 

Então, se você já realizou algum procedimento estético que não deu certo, saiba que existem possibilidades de reversão em alguns casos. 

 

Agora, se você tem medo de fazer um preenchimento ou qualquer outro procedimento, agende uma consulta, vamos fazer a sua avaliação e conversar um pouco mais sobre a individualização do seu tratamento, para que você se sinta bem e seguro com isso. 




Compartilhar:

Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin