Suor excessivo: como tratar a hiperidrose?

O suor excessivo ou a hiperidrose é uma doença que pode ser tratada. Saiba como.

Suor excessivo pode ser tratado em consultório

O suor excessivo pode se manifestar nas axilas, nas mãos, nos pés ou em outras regiões, trazendo um enorme desconforto e até causando constrangimentos em quem tem hiperidrose. 

 

O suor é essencial para regular a temperatura do nosso corpo, mas o suor excessivo não. Ele acontece até quando a pessoa está em repouso, sem praticar exercícios físicos ou sem estar sob sol forte e calor.  

 

Quais são as situações em que a gente percebe que o paciente fica muito constrangido e que percebe que está suando excessivamente? 

 

Em momentos de ansiedade e estresse essa transpiração excessiva surge. 

 

Para muitas pessoas falar em público, por exemplo, gera estresse. E é muito constrangedor notar que se formou aquela pizza embaixo do braço e que todo mundo percebeu que essa pessoa estava nervosa. 

 

Um adolescente ou mesmo uma pessoa adulta que vai fazer uma prova muito importante ou conhecer alguém e na hora de cumprimentar a pessoa percebe que a mão está muito suada. 

 

O suor excessivo acaba demonstrando ainda mais a ansiedade e o estresse daquela pessoa, o que piora ainda mais a situação. 



Tratamentos para o suor excessivo 

 

Existem vários tratamentos que podem ser indicados para melhorar esse problema. 

 

Geralmente, quando a sudorese é leve, a gente indica cremes e desodorantes específicos para quem tem hiperidrose. 

 

Mas, quando ela é mais grave, existem tratamentos, inclusive cirúrgicos, como a simpatectomia.  

 

Há ainda tratamentos com microondas, para diminuir a glândula sudorípara. 

 

Mas um dos tratamentos mais realizados aqui na clínica, que é muito simples, rápido e eficaz é a aplicação de toxina botulínica. 

 

Ela bloqueia a liberação da acetilcolina e, consequentemente, diminui a produção de suor. 

 

Geralmente a gente aplica uma pomada anestésica na área em que o tratamento vai ser realizado e a aplicação é rápida. 

 

A durabilidade da toxina nesses casos é maior do que a durabilidade dela na face. A gente pensa em seis a oito meses e alguns pacientes até um tempo maior do que isso. 

 

Quem sofre com hiperidrose procura os tratamentos para diminuir o suor excessivo justamente nessa época do ano, antes do verão, para não sofrer esses constrangimentos na estação mais quente do ano. 

 

Então se você tem sofrido com o suor excessivo, saiba que tem tratamento. Entre em contato com a gente e venha saber mais! 

Compartilhar:

Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Fechar Menu