Melasma tem cura?

Melasma tem cura?

O melasma é uma doença de pele caracterizada por manchas amarronzadas, principalmente na face. Saiba como tratar!

Melasma: como lidar com ele?

Quem tem melasma sabe o quanto essa doença afeta a autoestima, principalmente quando chega ao ponto em que o paciente não consegue mais disfarçar as manchas com corretivo ou maquiagem.

É neste momento que muitos pacientes procuram ajuda, quando não conseguem mais disfarçar as manchas. 

 

O melasma é caracterizado por manchas amarronzadas na pele e é mais frequente em mulheres. 

 

As principais causas são: predisposição genética, histórico de exposição solar intensa e fatores hormonais, como uso de anticoncepcional e a gestação. 

 

Essas manchas são, em geral, bilaterais, simétricas e aparecem na região da bochecha, do buço, nariz e testa.



Melasma tem cura?

 

Não existe cura para o melasma, mas existem tratamentos eficazes, que atuam no clareamento das manchas. 

 

O uso diário de filtro solar e a reaplicação durante o dia é o hábito mais importante para controlar essa doença.

Assim, quanto mais a pele estiver protegida do sol, melhor. O ideal é não se expor, mas, quando isso acontecer, o uso de chapéus, óculos, roupas com tecido especial de proteção UV é imprescindível.

 

Quanto aos tratamentos, a escolha do protocolo ideal para você vai depender do tipo de melasma que você apresenta, do seu fototipo e do seu hábito de vida.

O objetivo dos tratamentos é clarear as manchas e diminuir a produção de melanina, o pigmento responsável pela cor da pele.


Eles vão desde o uso de cremes clareadores e antioxidantes até peelings químicos, dermoabrasão, laser e luz intensa pulsada.

Se você tem melasma e não está tratando de forma adequada, agende uma consulta e venha saber qual é o melhor tratamento no seu caso. 

Compartilhar:

Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin