Skip to content Skip to footer

Novas tecnologias na dermatologia

Novas tecnologias: o que saber antes de fazer um tratamento novo.

Conhecendo as novas tecnologias: como saber qual tratamento fazer?

A todo momento surgem novas tecnologias, inclusive no campo da medicina e da dermatologia. Por isso, muitas pessoas ficam perdidas ou ansiosas, sem saber exatamente qual tratamento fazer.

Em primeiro lugar, antes de sair por aí marcando sessões para testar as novidades, é fundamental que você se consulte com o dermatologista, afinal ele é quem pode dizer se você tem indicação para determinado tratamento ou não.

Assim, antes de adquirir um novo equipamento e começar a trabalhar com uma nova tecnologia, o profissional precisa ter muito conhecimento técnico, ele deve saber exatamente qual o resultado que ele vai conseguir entregar para o paciente. 

 

Aliás, muitos tratamentos ficaram na moda por um tempo e hoje não se ouve mais falar. Por quê? Porque eles não eram de fato eficazes ou mesmo seguros e acabaram desaparecendo.

 

Resultados e segurança das novas tecnologias 


Obviamente, é compreensível que as pessoas fiquem ansiosas para conhecer as novidades e realizar os tratamentos, seja uma tecnologia, um produto ou uma nova técnica, no anseio de que isso vá resolver a queixa que tanto incomoda. 

 

Mas, infelizmente, nem sempre é assim. Inclusive, muitas vezes a tecnologia que já está consagrada no mercado acaba perdendo espaço para uma novidade que, no fim das contas, não vai se mostrar tão eficaz assim.

Na verdade, o próprio paciente acaba fazendo essa seleção. Muitos voltam pedindo para fazer novamente alguma coisa que já havíamos feito antes, porque gostaram do resultado, o tratamento funcionou, mudou sua pele.

Por exemplo, o tratamento de gordura localizada utilizando o congelamento dessa gordura, a criolipólise desenvolvida em Harvard. É uma tecnologia eficaz, segura e que realmente dá resultado. 



Como um médico escolhe as tecnologias com as quais vai trabalhar?

 

Inclusive, a todo momento nós, profissionais, somos bombardeados com novos protocolos, novas tecnologias, novos produtos e a gente tem que saber realmente o que é seguro, eficaz e que vai fazer diferença nos nossos protocolos de tratamento. 

 

Então, precisamos ser criteriosos na aquisição de uma nova tecnologia, porque isso tira a nossa credibilidade enquanto profissionais e quebra a relação de confiança que temos com nossos pacientes, o que é essencial. 

 

Enfim, confie no seu médico, nas indicações que ele tem para tratar as suas queixas. E se você deseja fazer algum tratamento, marque a sua consulta e vamos traçar o seu plano ideal de tratamento. 

 

Leave a comment

0.0/5